Dia Internacional do Trava-Línguas

Quem nunca foi desafiado a dizer “um tigre, dois tigres, três tigres” de maneira rápida e sem gaguejar? Esse é um exemplo clássico de um trava-línguas, de como são difíceis, e ao mesmo tempo engraçados devido as “gafes” que damos ao tentá-los pronunciar, estes não apenas servem para provocar disputa entre amigos como também aperfeiçoam a nossa pronúncia.

O trava-línguas é um jogo verbal que tem como objetivo falar rápido e sem erros frases com silabas complicadas de pronunciar, ou palavras com sons iguais em ordens diferentes, este tipo de prática não vem dos dias de hoje, veio da cultura popular e são parentes das parlendas (rimas infantis), podem apresentar-se em forma de prosa, versos ou frases.                 

Uma equipa de pesquisadores estudou como o cérebro e a língua funcionam quando tentamos pronunciar um trava-línguas, e perceberam um conjunto de palavras que segundo eles seria o mais difícil de todos, “pad kid poured curd pulled cod”.

Uma psicóloga do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) brincava a dizer “Se alguém conseguir dizer essa frase dez vezes rapidamente, ganha um prêmio”, além do MIT participaram da pesquisa os Laboratórios Haskins, de Connecticut, a Universidade Ludwig-Maximilian, de Munique, o Wellesley College, de Massachusetts, e a Universidade do Sul Califórnia.                                                                                                           

 Ao analisar as gravações feitas por voluntários a tentar falar o trava-língua, eles verificaram dois tipos de erros que se comete ao pronuncia-lo, a mais comum, troca de letras ou silabas e também o pronunciar consoantes intermediárias, por exemplo, ao repetir as palavras “top cop”, as pessoas misturavam as letras “t” e “c”, que no final acabava como “t-cop”. Quando estas palavras estavam numa frase com sentido a tendência era criar uma silaba inexistente, como “ta-cop” de forma mais pousada.

Os responsáveis por este projeto mostram que o nosso cérebro planeia diferentes maneiras de fazer as coisas, depende de se tratar apenas de uma lista/enumeração, ou se for uma frase com sentido.

Para finalizar, deixamos em baixo alguns trava-línguas para se divertir com a sua família e amigos.

 -A uma aranha dentro da jarra. Nem a jarra arranha a aranha nem a aranha arranha a jarra;

 -A aranha arranha a rã. A rã não arranha a aranha;

 -A vida é uma sucessiva sucessão de sucessões que se sucedem sucessivamente, sem suceder o sucesso;

 -Trazei três pratos de trigo para três tristes tigres;

 -A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada.

 -Comprei uma arara rara em Araraquara;

 -Em rápido rapto, um rápido rato raptou três ratos sem deixar rastros.